Venda de contraceptivos cai na pandemia e gravidez pode crescer no Reino Unido, segundo estudo

A venda de contraceptivos de emergência, como a pílula do dia seguinte, caiu 20% durante os meses de isolamento social provocados pela pandemia do novo coronavírus no Reino Unido. O estudo da firma IRI, repercutido pelo The Independent, prevê um aumento no número de gravidezes indesejadas no país.

Em março, 38.533 unidades da pílula do dia seguinte foram vendidas no Reino Unido, segundo o levantamento. Em abril, este número caiu para 18.500, enquanto em maio houve um aumento para 23.918 unidades.

A mesma taxa de diminuição, de 20%, foi verificada no número de prescrições de pílulas contraceptivas no NHS (Serviço Nacional de Saúde, na sigla em inglês), o sistema público de saúde do Reino Unido.

Eugênio Bezerra

Jornalista, editor, blogueiro, redator, apresentador, comunicador, radialista e outras coisas mais...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *