Segundo levantamento da UFRN, pressão nas UPAs tiveram diminuição

Levantamento feito por um grupo de pesquisadores do Departamento de Física Teórica e Experimental (DFTE/UFRN) e do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) apresenta indícios de uma atenuação das curvas relacionadas ao novo coronavírus no Rio Grande do Norte. Segundo o estudo, apesar da atual demanda por leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), as solicitações por parte das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do estado tiveram uma diminuição importante na última semana.

Após um pico no dia 21 de junho, com as cerca de 140 solicitações diárias na data, esses números vêm em queda, atingindo a marca de aproximadamente 50 no dia 27. De acordo com a análise dos pesquisadores, essa pressão nas UPA’s deve refletir uma diminuição nas internações e na requisição de vagas de UTI e semi-intensivos ao longo dos próximos dias.

Fonte: UFRN

Eugênio Bezerra

Jornalista, editor, blogueiro, redator, apresentador, comunicador, radialista e outras coisas mais...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *