O secretário de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte, Cipriano Maia, considerou inoportuno e de conteúdo extremamente danoso para a saúde e vida das pessoas, o pronunciamento do presidente da República Jair Bolsonaro, transmitido em cadeia nacional na noite desta quarta-feira(24).                                                          

Logo após a fala do presidente, o secretário Cipriano Maia, juntamente com os demais secretários estaduais de saúde, manifestaram estranheza diante de tal atitude do presidente e reforçaram as condutas que estão em execução,  baseadas na experiência e recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que vêm sendo adotadas por vários países. 

De acordo com Cipriano Maia, o governo do Estado do Rio Grande do Norte, vem se mantendo fiel a essas diretrizes, a ponto de a governadora Fátima Bezerra, ter assinado hoje um novo decreto reforçando as medidas de contenção para que se suprima ao máximo as atividades de interação e convívio social, reforçando o isolamento como forma de evitar a disseminação do vírus e possíveis mortes.

Fonte: Sesap/RN

DEIXE UMA RESPOSTA