O Comitê Científico de Combate ao Coronavírus do Nordeste recomendou que os governadores da região ampliem medidas de isolamento social e adotem o lockdown, forma mais restrita de isolamento social, em grandes cidades nordestinas de quatro estados, devido à piora da epidemia e elevada utilização dos hospitais.

A indicação de medidas mais restritivas é vista como necessária em João Pessoa e Campina Grande (Paraíba), Natal e Mossoró (Rio Grande do Norte), Arapiraca e São Miguel dos Campos (Alagoas), cidades com curvas ascendentes de casos e mais de 80% de ocupação dos leitos de UTIs e enfermaria. Salvador (Bahia) está no limite de ocupação que gera a recomendação, ou seja, 80% dos leitos de UTIs ocupados.

“Esta é uma recomendação científica para os governadores e prefeitos dos estados e cidades supracitados, cabendo a esses gestores decidir pela sua implementação ou não”, informa o boletim do comitê, formado pelo Consórcio Nordeste, dos governadores da região, e coordenado por Miguel Nicolelis e Sergio Rezende.

DEIXE UMA RESPOSTA