O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN), Tarcísio Costa, aceitou o pedido de liminar feito pelo deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) que impede que o prefeito de Natal, Carlos Eduardo, realize um novo saque no Fundo Previdenciário (NatalPrev).  O saque já havia sido autorizado pela Câmara dos Vereadores de Natal no valor de R$ 204 milhões mesmo depois de muita polêmica com a comprovação de um rombo de R$ 80 milhões no fundo previdenciário feito sem autorização dos vereadores.

Com a decisão, o prefeito de Natal e a direção da NatalPrev não poderão realizar o saque até o julgamento final da ação.

Vale lembrar que o deputado Kelps disputou a última eleição para prefeito de Natal. 

DEIXE UMA RESPOSTA