O espetáculo “A Invenção do Nordeste”, do grupo potiguar Carmim ganhou o prêmio Shell de teatro em dramaturgia. A cerimônia de entrega aconteceu nesta terça, 12, no Copacabana Palace, zona sul do Rio de Janeiro.

A peça disputava duas categorias “dramaturgia”, com Henrique Fontes e Pablo Capistrano, e “direção”, com Quitéria Kelly. O espetáculo é inspirado no livro “A Invenção do Nordeste e outras Artes”, do historiador Durval Muniz de Albuquerque Jr.

A cerimônia foi marcada pela diversidade e protestos segundo reportagem do Jornal O Globo que destacou a presença do autor do espetáculo potiguar.

Diz O Globo: “Consagrada anteriormente no Prêmio Cesgranrio, “A invenção do Nordeste” levou o troféu de direção, para Henrique Fontes e Pablo Capistrano. Fontes mencionou a origem do Grupo Carmim, do Rio Grande do Norte, para celebrar a diversidade regional. 

— Esse prêmio abre uma mudança no espaço-tempo. O mais importante é estarmos todos juntos, fazendo o nosso tempo, independentemente da região — ressaltou o diretor. — Temos que estar juntos. Sabemos onde está nosso inimigo, e ele não está nessa sala.”

DEIXE UMA RESPOSTA