A Prefeitura de Mossoró responsabilizou o Proedi pelos atraso de salários dos servidores públicos municipais, referentes ao mês de outubro. O novo programa de incentivos fiscais do governo estadual teria provocado a redução na arrecadação de ICMS do município.

Mas a informação foi rebatida pela assessoria do Governo do RN das redes sociais. Segundo a postagem “não é possível culpar o Proedi pelo atraso de pagamento dos servidores de Mossoró”.

Abaixo o texto na íntegra da justificativa do Governo do Estado:

O Governo explicou o seguinte:     
1) A folha de pagamento de Mossoró custa R$ 25 milhões, já a redução foi de R$ 526 mil, ou seja 2% da folha. (…)2) Além disso, a Prefeitura de Mossoró estimou R$ 90 milhões de ICMS para 2019, até setembro deste ano, entraram nos cofres públicos R$ 91,5 milhões. E estimativas para receber mais R$ 30 milhões.3) Portanto… não é possível culpar o PROEDI pelo atrasado de 40% dos servidores municipais. Dados: Portal da Transparência/Prefeitura de Mossoró. Mês de referência: agosto de 2019.

A prefeitura de Mossoró informou que só vai concluir a folha do mês de outubro na próxima semana.

DEIXE UMA RESPOSTA