As recentes medidas de enfrentamento ao novo coronavírus emitidas pelo Governo do Estado terão um prazo para serem cumpridas pelos estabelecimentos comerciais dentro dos próximos cinco dias. A determinação está no Decreto nº 29.556, e refere-se à proteção para clientes e funcionários das empresas.

Segundo o Governo do Estado, com relação aos bancos e instituições financeiras, que tiveram o atendimento presencial suspenso pelo Decreto nº 29.541, de 20 de março, casos considerados urgentes devem continuar sendo recebidos. Entram nessa categoria situações que não possam ser resolvidas por atendimento virtual, como é o caso dos alvarás judiciais e outras operações bancárias.

Todas as medidas tomadas até aqui pelo Governo do Estado visam diminuir aglomerações de pessoas e o aperfeiçoamento das medidas de higienização, sendo imprescindível, em qualquer dos casos, obediência à distância mínima de 1,5m entre as pessoas, sejam clientes, trabalhadores ou demais colaboradores.

DEIXE UMA RESPOSTA